15 de dezembro de 2010

@MahRody em casa...

Bem, ontem a Marina me liga desesperada falando que tava morrendo de tédio, e que queria combinar. Daí eu mandei ela vir. Era pra Giu ter vindo também, mas ela não pôde... :(
Ok, passa um tempo, toca a campainha. Chegou a doida. Ela chega, e já tira da bolsa: bala de iogurte, pipoca de frango (nuggets) e chocolate. Sério gente, daonde ela tirou aquilo??
Ótimo, viemos para o PC. A gente canta, toca, grita, berra, se mata. E ela começou a tacar papel de bala em mim. E lotou o teclado com eles. Deitou em mim e começou  a roubar o PC. Daí a gente quase se matou, denovo. Tudo bem, sobrevivemos. Deixo meu caderno e uma caneta perto dela, e vou buscar o baralho. Grande erro. Eu chego, meu caderno já tinha duas páginas escrito Allan e Ariel, INTEIRAS. Não me pergunte como. Arranco o caderno dela. E vejo que ela fez coisa no meu formspring também. A gente começa a sentir um cheiro de queimado... OS NUGGETS! Saímos que nem duas desembestadas atrás dos nuggets. Ok, pegamos os nuggets num COPO, e viemos comer aqui no PC, jogando truco. Daí, a gente foi pro meu quarto. Ela começou a se jogar no chão e rolar... Fiz a unha dela... Ficou fofíssimo! Daí a gente ficou no PC e jogamos The Sims. Ela fez uma mulher-centauro...  Comemos chocolate e jogamos mais truco. A gente foi dormir. Invento de pegar a Miguélhia, minha baleia de pelúcia gigante.
Acordo de manhã, olho do meu lado e vejo a baleia. Me pergunto: desde quando a Miguélhia tá aqui? Olho pro outro, tá a Marina dormindo no último sono, passando Friends na TV, que por acaso passou a noite ligada. Daí eu lembro do que aconteceu, e volto a dormir.
Acordamos, assistimos TV, e ela teve que ir embora... Depois de me chamar de problemática por causa dos 167732536892 remédios que eu tomo todo dia...
Fim.

Um comentário:

  1. uma certa Maria linda22 de dezembro de 2010 22:32

    problemática, você????não!!!!não!!!
    vc é fantastica!
    este universo de patricinhas, de menininhas doidas pela propria imagem no espelho jamais lhe fez a cabeça!
    Ariel, ao (quase) final de minha vida profissional só tenho um lamento: ter pulado sua turma...Ah! Como lamwento!
    Adoro seu blog! Amo ler seua textos!
    To atenta!Curtindo a beça ( ou seria bessa?)
    rs
    Carinho infinita menina amada!

    ResponderExcluir