8 de setembro de 2014

Just Another Normal Day

Olá, sou eu, o Wadas(Quem chamar de wadinhas tá morto). Não posto a muito tempo, então por quê postar agora? Porque meu dia foi normal. Primeiro levei uma bomba ao trabalho:
Depois acho um Leprechaun:
.......
Sim, definitivamente um leprechaum, numa convenção de ruivos!
Notório.
É, bem notório(funções das barbas #1: sinalizador). Mas também temos:
Fanzinho de Star Treck,
Carinha Rock n'Roll e....
Isso.

Falando em barbas.... quem precisa de potes?
Funções das barbas #2: Porta comida.

Mas também achei um garoto que comprou um fusca aos 10 anos
Isso ae, é o garoto do fusca.

Também li Smile Slenderman:
Leiam, não precisam ter medo. No máximo ele aparece do nada e faz as suas unhas em meio segundo. Mas o que dá medo nessa Ansatsu Kyoushitsu é esse aluno:
Se verem-no, torçam para estar usando fraldas. É muito assustador como ele parece uma garota, e um garoto, e uma garota, e um garoto, e uma garota, e um garoto. Basicamente. Leiam!

Bom é só. Adeus para sempre e ótimos pesadelos. Fiquem com um pouco de nisekoi(Leiam também).

Like it.

28 de julho de 2014

A Proeza Suprema do Sr. Foca

Todo mundo sabe que o Foca, o meu namorado, é um cara meio doido e faz umas coisas absolutamente malucas: desde jogar GTA SA loucamente até as 5h da manhã com uma garota (eu) e destruir violentamente um cd do God of War porque não conseguia passar de um chefe, até se jogar em cima de um pequeno jardim de cactos para fugir de mim. Porém, dessa vez ele se superou. Ele fez a coisa mais, perdoem-me pela palavra, retardada que eu já vi alguém fazer (até mesmo ele).


video

Ele conseguiu: ELE COMEU PÃO COM BOLOR. O PÃO ESTAVA PRATICAMENTE VERDE E ELE COMEU. Além de maluco, ele ainda é cego e deve estar com problemas gástricos depois dessa.

Dica dele: (feita 5 minutos após o envio do vídeo)
"Nunca comam pãn criamsas"


Ariel Z.


PS.: Não façam isso mesmo gente, não sei como ele está bem e não precisou ir para o hospital. Quando virem um pão verde, NÃO COMAM.

17 de julho de 2014

Retorno?

Pois é, sumi. Talvez eu volte a postar com frequência, talvez não. Só sei que o vestibular e a escola têm tomado muito tempo da minha vida, e resolvi passar por aqui pra dar um alô, e também pra desabafar.

A adolescência é uma época cheia de dúvidas, é quando definimos quem somos, quem seremos, como será nosso futuro. É quando nos descobrimos, nos desvendamos, nos encontramos. Isso tudo acontece, mais cedo ou mais tarde. Eu sempre fui muito desencanada, nunca pensei muito nisso, fazia o que me dava vontade. Se queria sair, saía; se queria jogar, jogava; se queria estudar, estudava; e isso dava muito certo. Porém, de uns tempos pra cá, esse sistema começou a falhar. De repente, precisava escolher, e pensar muito nas responsabilidades, nas consequências. A partir daí, comecei a ter sérias dúvidas quanto às minhas prioridades.

No começo, me concentrei somente nos estudos. Acabei ficando meio sozinha, meio parada demais, meio cansada demais. Depois, tentei "desenvolver" uma vida social, e fiquei mais cansada ainda e me senti mais deslocada ainda. Por fim, tentei sair mais com minha família e amigos próximos, e isso se revelou possível só nas férias.

Por fim, percebi que devo decidir, o que devo fazer, que caminho devo seguir, enfim, quem eu sou. Só então saberei que caminho seguir, que atitudes tomar, que objetivos perseguir para poder me sentir verdadeiramente bem. Afinal, se eu não me conheço por completo, como vou saber o que quero da vida? E é isso que estou fazendo agora: experimentando, testando, vivendo e aprendendo. Aos poucos vou me conhecendo. 

Peço desculpas de novo por sumir, tentarei ser mais presente por aqui, sempre que possível!

Beijos!

Ariel Cabeça de Papel

7 de abril de 2014

Vídeos sobre os quais me pergunto: POR QUÊ?

Mais ou menos na onda do Gustavo, resolvi postar alguns vídeos... Que não têm sentido, totalmente sem lógica, e que só uma pessoa com sérios problemas mentais, como eu e o Wadas, assistiria. Ou seja, aprecie com moderação.

  Bem, começando com uma música indiana chamada Tatad Tatad:


O QUE É ESSE PASSINHO DO CABELO? O QUE É ESSA MULTIDÃO LOUVANDO O RETARDADO DO CABELO? Conclusão: indianos

A próxima de chama CaramellDansen. Não sei se isso é sueco, japonês, húngaro, ou que porcaria de língua é essa. Muito menos entendi essa dancinha de coelho esquisita.


Outro que jesus me acuda é nesse estilo do caramell. Chama Levas Polka, mas achei por Leek Spin. Sim, é uma louca cantando em uma língua desconhecida (será japonês?) GIRANDO UM AIPO.


A próxima é famosa: NYAN CAT


A próxima chama-se lalalalalalalalalalalalalalalalalala (são 18 la's), são uns caras vestidos de bicho dançando e falando lalala. Tem uma teoria da conspiração que diz que passa uma nave espacial atrás do vídeo, mas na verdade é um ganso. Concluindo, é tudo uma viagem só. Também dizem que eles na verdade cantam: não, não dá pra parar. Queria muito saber quem é o inútil que elabora essas teorias.

 
(repare no canto esquerdo e você verá o objeto)

Uma série que eu amo é Charlie the Unicorn. Descobri na quarta série, e lembro até hoje do começo do primeiro de cor. Houve um tempo em que eu sabia quase todos de cor. É sobre um unicórnio branco chamado Charlie que é atormentado por dois unicórnios mais novos, um azul e um rosa, que são dois drogados. O primeiro episódio é sobre a ida deles à Candy Mountain.



Alguém aí já ouviu Badgers?


Agora mais um que eu sempre ouço e fico pensando: Orientais, qual o problema de vocês?


Esse também é demais:


Agora um brasileiro, que não podia faltar. Cortesia da minha amiga Giulia Bormio, eu lhes apresento Marli, cantando O Amor Está No Ar (sugiro que prestem atenção nos brincos)


Uma paródia genial de Poker Face chamada Outer Space:


Acho que todo mundo conhece Senhor dos Anéis. Mas poucos conhecem seu lado negro: THEY'RE TAKING THE HOBBITS TO ISENGARD, o Funk/versão eletrônica.


Tem um vídeo de um cara assistindo esse de 10 horas. Aí algum retardado gravou um vídeo dele assistindo esse vídeo do cara assistindo as 10 horas de vídeo. Pois é, aqui vemos os efeitos perturbadores desse vídeo. 

Bem, são esses que lembro. Com certeza vocês conhecem mais. Por favor, não mande nenhum. Eu já sou perturbada o suficiente.


Ariel Zambon

6 de abril de 2014

Marshmallow DJ

Precisando de animação, ver algo sem sentido, talvez engraçado, louco? Que tal uma partezinha de um anime japonês? Duas palavras: MARSHMALLOW DJ
Marshmallow DJ, marshmallow DJ, marshmallow Dj. O nome do anime é Yondemasuyo, Azazel-san e esse é um trecho do episódio 6. Se quiserem a música inteira(mas sem dancinha) tem no link http://www.youtube.com/watch?v=rKPKe3UUsOQ (Marshmallow DJ(Full)).

O que posso dizer, japoneses!!!

Tchauzinho e ótimos pesadelos.

25 de março de 2014

Responsabilidades

É... São raras as vezes que eu apareço aqui, mas quando apareço, sempre tento escrever algo muito bom pra vocês. Algo que vá acrescentar alguma coisa! Bem... Então aqui vai!

Terminei a escola ano passado e esse ano é a vez da Arielzinha terminar! Bem galera, fazer 18 anos não é aquela farra que todo menino acha que vai ser (bem, pelo menos não foi assim comigo). Você chega e diz: ''Ah! Agora posso ser preso, que legal!'' ou ''Uhul, vou em um clube de strip-tease pegar as gatinhas''... Isso é mais meh ainda do que ser preso. A única parte verdadeira de tudo isso é que você começa a ser entupido com mais e mais afazeres. Passa a ser tratado diferente até pelos pais. Só com os amigos mesmo que isso nunca muda.

Do dia pro outro sua mãe usa o argumento: ''você já tem 18, vá fazer sozinho'' sendo que com 17 anos e 364 dias ela ainda estava escovando seus dentes. Seu pai começa a falar que é hora de você arrumar um emprego e ser o dono da casa. O discurso nunca muda. E toda a nossa rebeldia de adolescente tem que, OBRIGATÓRIAMENTE ser deixada para trás.

Passamos a nos importar mais com o dinheiro. Tipo... MUITO MAIS. Antes a gente não estava nem ai se estava levando a mãe a beira da falência ou extorquindo o pai até o último centavo. É meu amigo(a), agora são a vez deles de sugar o pobre dinheirinho que a gente ganha pra comprar salgadinho na padaria.

Eu ainda não estou em uma faculdade porque não consigo pagar. Passei no vestibular mas ainda devo uns trabalhos na escola e não tem o curso que quero fazer em nenhuma faculdade pública. Atualmente trabalho como ''sacoleiro'' (não o que embrulha no supermercado, mas literalmente o que FAZ uma sacola) e ganho um pouquinho por mês com isso. Nem por causa disso deixo de procurar por um emprego melhor porque afinal de contas, antes de eu trabalhar com isso eu era professor.

Bem... Além de toda essa meleca, tenho que ajudar minha mãe a pagar um aluguel absurdo de alto pela nossa casa. Minha mãe passa o dia fora trabalhando e grande parte das contas fica por minha conta pra fazer. Desde arrumar as sacolas, lavar a louça, arrumar as camas (quase nunca arrumo HAHA) e de ir comprar comida.

Bem pessoal, ainda assim tenho que arrumar um dinheirão pra ver o meu amorzinho! E cara... Como eu já mesmo disse, namoro a distância não é fácil. É preciso amar muito e ter muito respeito e a melhor parte de ter uma responsabilidade é o respeito que você ganha por isso. Conquistar minha namorada cada dia de novo, fazendo todas as minhas tarefas faz com que eu ganhe meus pontos de glória e orgulhar ela não tem preço. Experimente com a sua namorada(o) algum dia!

Então esqueça de se divertir até ter certeza que você tem o tempo pra isso (o que você não vai ter por bons tempos). Eu ainda me divirto, saio com amigos, vou no cinema e faço tudo o que fazia antes, mas além de ser muito mais difícil, dá muito mais trabalho. É por isso que a gente sempre acaba com poucos amigos. Porque são poucos que vão tão longe para ver você!

Bem... Caso você esteja prestes a fazer 18 anos, não enxergue isso como tudo de bom, mas também não enxergue isso como tudo de ruim. Cada coisa tem seus altos e baixos e sempre teremos nossos momentos de felicidade e agonias...

...Igual...

...Igual nossos pais.

20 de março de 2014

Chuva

Aproveitando esse dia de chuva e minha inexistente vontade de estudar, resolvi fazer um post pra falar que está chovendo. E pra pedir desculpas por ter sumido por 2 meses. Enfim, desculpa. Provas e mais provas e mais provas e falta de inspiração atrapalharam bastante minha presença por aqui.

Segunda parte: está chovendo. Isso pode parecer um exagero, tipo "nossa, chuva, e daí?" e daí que fazia dois meses que não chovia também, e estamos em uma seca danada por aqui. A chuva começou bem forte no meio da tarde, e segue mais fraca até agora. O ar já está respirável e tudo cheira a chuva.

O cheiro de chuva é pra mim um dos maiores prazeres da vida. É algo tão simples, tão corriqueiro. Aquele cheiro de terra molhada que começa logo assim que cai a primeira gota. Andamos tão apressados que nem sentimos mais esse cheiro, nem prestamos atenção.

É simplesmente delicioso deitar e ouvir as delicadas gotas de chuva, ou até mesmo as mais violentas que caem rasgando o telhado. Em dias de chuva eu me sinto confortável, aconchegada, não sei muito bem o porquê. Fácil é dormir embalada pelo barulho dos pingos e pelo cheiro confortável e úmido que vem do meu quintal. O dia perfeito pra relaxar.

A não ser que você tenha prova no dia seguinte, o que é meu caso, lógico.

Vou lá estudar.

Beijos, e espero voltar logo!

22 de janeiro de 2014

Minha Lei de Murphy

Já ouviram falar da Lei de Murphy? Ela é simplesmente uma frase que quase funciona universalmente. Ela é dita como "Se algo puder dar errado, dará!". Se trata de uma analise simples, nada sai completamente do jeito que esperamos, por mais que nos programemos. claro que quanto mais nos programamos, mais elas tendem a dar certo, mas, na fala de um professor de geografia, sempre tem um imponderável da Silva, um pequeno detalhe que atrapalha, uma mudança de planos, etc. Porém, pensando em minhas filosóficas ideias que sairam "DO NADA mijaram na história grega" notei um erro na lei de Murphy. Se ela puder dar errado, ela dará, logo se algo puder dar certo, DARÁ!!! Ferre-se o negativismo, o pensamento positivo aumenta as chances de algo dar certo. Vamos adote essa como a sua nova Lei de Murphy, ou Anti-Lei de Murphy, Lei do Wadas, Lei do Lopes, o nome que seja, se lembre:

"SE ALGO PUDER DAR CERTO, DARÁ CERTO!!!"

Essa é minha nova filosofia(ou não). Bem espero que tenham curtido. saindo do Caderno para o Lanche. Tchau. E feliz ano novo, com muitas manifestações na copa.

20 de janeiro de 2014

Look e Unhas de Ano Novo

        Primeira vez que faço um post de "look" e ele está... 20 dias atrasado. Enfim, é um dos únicos looks meus que considero decentes para postar por aqui. Infelizmente não sei o preço de nada, a saia foi da minha vó, a blusa foi presente do namorado, os acessórios também eram da minha vó. Sapato? Eu estava descalça. Por quê? Porque não gosto de usar sapatos. Hahha, enfim, esse foi meu look de ano novo:



                           
Não sei nem descrever o look direito! Hahaha:
Blusa preta de alça, estampada com uma cruz grande de brilhos (não tenho certeza se isso é strass)
Saia branca longa, o forro é mais curto que a saia (vai só até o joelho, o resto da saia é transparente). Listras diagonais.
Acessórios: conjunto de pulseiras trançadas de prata no braço esquerdo, pulseira de borboletas no braço direito. Infelizmente, esqueci de tirar fotos dos acessórios detalhados. 

Agora, vamos à parte que eu conheço: AS UNHAS!
Resolvi usar algo bem chamativo e bem comemorativo. Um esmalte prateado MARAVILHOSO e filha única de glliter (que me lembram os fogos de artifício):
 



 

 
Acho que vocês perceberam que eu tentei tirar as fotos de TODOS os ângulos possíveis. Tentei pegar a verdaeira cor do esmalte, que era um prata tão lindo que beirava o cromado já. A cor é maravilhosa, e o pincel não deixou marcas, o que é fantástico em um esmalte desse tipo!

O esmalte base é o Lobo Branco, da coleção Animais Exóticos, da Realce. Usei dois glitters no anelar: O Disco Ball, da Impala (aquele glitter hexagonal MARAVILHOSO) e o Tokio Girl, da Ultimate Glitter da Top Beauty. Tirei uma foto do anelar, mas ficou muito caca:


 
É, ficou ABSURDAMENTE cacoso. Hahaha, mas é isso aí. 

Como estava calor, o esmalte encheu de bolhas, mas nada que um extrabrilho não resolva.
Alguns problemas que notei: o esmalte demorou muito pra secar, duas horas depois de aplicar, esbarrei em uma porta e tive que refazer duas unhas! A duração também deixou a desejar, no dia seguinte já haviam lascas.


Bem gente, esse foi meu ano novo (fora os 15kg de comida). 

Beijos!

Ariel Z.